O Ministro da Economia, Paulo Guedes, reiterou nesta quinta-feira que a proposta de reforma tributária do governo vai prever a criação de um IVA “dual”, que substituirá impostos federais, permitindo a adesão voluntária de Estados, e também a implantação de um imposto sobre transações para viablizar uma desoneração da folha de salários.

“Vamos entrar também com nossa novidade, que todo mundo fica chateado, mas eu pergunto, qual é a alternativa?”, afirmou Guedes durante evento em Fortaleza, em referência ao imposto sobre transações.

O ministro argumentou que o tributo tem base estável e consegue alcançar setores informais e empresas da nova economia, como Uber e Netflix.

“Você pode criar 3,4,5 milhões de empregos porque reduziu encargo trabalhista, vamos deixar a sociedade escolher, estamos preparados para qualquer resultado”, afirmou Guedes.
Fonte: DCI