O presidente Michel Temer antecipou-se ao Ministério do Trabalho e anunciou, pelo Twitter, que o Cadastrou Geral de Empregados e Desempregados (Caged) de agosto deste ano registrou que foram criados mais de 100 mil empregos formais no Brasil.

“Fui informado que o País criou mais de 100 mil empregos com carteira assinada em agosto. Isto é prova que o Brasil está no rumo certo. Em plena recuperação”, escreveu o presidente da República.

Em julho, dados do Ministério do Trabalho indicaram abertura de 47,3 mil vagas, o melhor resultado para o período em seis anos.

O desempenho surpreendeu economistas que esperavam expansão mais modesta e o número reforça a percepção de “normalização” defendida por alguns economistas após a greve dos caminhoneiros. Seis dos oito setores da economia terminaram o mês com mais empregados, com o agronegócio liderando as contratações, com destaque para as atividades relacionadas à soja e laranja.
Fonte: DCI