Valor Econômico – 19/11/2019

A projeção do mercado financeiro para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) no ano que vem subiu de 2,08% para 2,17%, segunda alta após sete semanas estacionada em 2%. O dado consta da pesquisa Focus, do Banco Central, divulgada ontem com dados coletados até o fim da semana passada. Para 2019, a mediana de projeções do Focus manteve a estimativa de avanço de 0,92%, também a segunda manutenção consecutiva.

No segundo trimestre, a economia avançou 0,4% sobre o primeiro trimestre. Na semana passada, o Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br) apontou alta de 0,44% em setembro, número ligeiramente acima do estimado pelos economistas consultados pelo Valor Data (0,39%).

Já a projeção para a taxa básica de juros (Selic) ao fim de 2020 foi reduzida em 0,25 ponto percentual, para 4,25%, segundo o boletim Focus. Para a Selic ao fim de 2019, a expetativa está mantida em 4,50%. A próxima reunião do Comitê de Política Monetária está marcada para os dias 10 e 11 de dezembro.